O que é um Conhecimento de Embarque?

Um conhecimento de embarque, comumente referido como BOL ou B/L, é um documento crucial para remessas de frete e serve para funções simples, mas importantes. Um conhecimento de embarque deve ser emitido sempre que uma remessa for feita entre várias partes usando uma transportadora comum, como uma empresa de transporte rodoviário ou serviço de frete marítimo ou aéreo.

O conhecimento de embarque às vezes é confundido com o conhecimento de frete e, embora os documentos sejam semelhantes, os dois servem a propósitos diferentes. As informações em uma conta de frete devem ter as mesmas informações que o B/L, mas também conter qualquer informação extra, como taxas adicionais e notas, se alguma informação no BOL precisar de esclarecimento. A principal diferença é que a conta de frete não será considerada como prova de um contrato no caso de uma disputa de reclamações.

Qual é a definição de conhecimento de embarque?

  1. Um conhecimento de embarque serve como prova de que existe um contrato entre a transportadora e o embarcador, um contrato que é estabelecido antes da criação do BOL. O B/L fornece detalhes da remessa ao transportador, incluindo a origem da remessa, seu destino e uma lista detalhada do conteúdo da remessa. O conhecimento de embarque deve ser fornecido quando o transportador coleta a remessa e, em seguida, é entregue ao destinatário da remessa quando a entrega é concluída.
  2. Um conhecimento de embarque serve como um recibo de mercadorias pelo transportadora e também como recibo de serviços pelo embarcador. O conhecimento de embarque também confirma que o frete foi recebido pelo remetente em boas condições. Como uma cópia do conhecimento de embarque será necessária para qualquer reclamação, uma cópia assinada do BOL deve ser retida pelo remetente para confirmar a transferência de mercadorias em caso de perda ou dano.
  3. Um conhecimento de embarque serve como prova de propriedade ou título da remessa. O BOL geralmente contém os nomes do remetente, da pessoa ou empresa que recebe as mercadorias e da empresa de frete. Informações adicionais do B/L incluem uma lista detalhada de mercadorias, instruções de manuseio, o tipo de contêiner de transporte ou embalagem, o valor do peso da mercadoria, a classe de frete e as condições de pagamento.

Quem Emite o Conhecimento de Embarque?

A lei exige que o BOL seja emitido pelo transportador, pois é o comprovante de recebimento da mercadoria. O B/L é emitido diretamente pela transportadora, ou seu agente representante, e entregue ao expedidor como prova de que a remessa foi entregue à transportadora pelo expedidor e recebida pela transportadora. Isso ocorre porque é a transportadora que, em última análise, será responsabilizada por qualquer coisa que possa acontecer com a remessa enquanto as mercadorias estiverem em trânsito ou em posse da transportadora. Embora o remetente possa redigir um BOL, o transportador terá que inspecionar a carga quando entregue para garantir que tudo esteja correto e fazer alterações no conhecimento de embarque conforme necessário.

Como Preencher um Conhecimento de Embarque?

A obtenção de compensação em caso de perda ou dano à carga pode ser praticamente impossível sem um B/L devidamente preenchido. A seguir estão as informações que devem constar no conhecimento de embarque.

  • Os nomes completos do remetente ou remetente, da transportadora ou da empresa de frete e do destinatário ou destinatário, também chamado de “destinatário”.
  • Os endereços completos do remetente, transportadora e destinatário.
  • A data em que a remessa foi coletada e a data prevista de entrega.
  • O número de bens. Isso pode incluir o número de unidades, peso e/ou volume, dependendo das mercadorias enviadas. Isso deve incluir o tipo de embalagem de envio, como caixas, tambores e paletes.
  • Uma descrição detalhada do frete, incluindo o nome do material.
  • Declaração de aviso de material perigoso do DOT.
  • Ao enviar várias unidades, o peso de cada unidade deve ser listado independentemente no B/L
  • O valor declarado do frete.
  • A classificação do frete.
  • Números de rastreamento de pedidos.
  • Quaisquer instruções de manuseio especial.
  • Detalhes do pagamento

Embora seja responsabilidade da transportadora produzir e/ou verificar o conhecimento de embarque, o remetente também deve verificar e concordar com quaisquer alterações feitas pela transportadora no documento. Lembre-se de que, se surgir uma disputa, o conhecimento de embarque é o documento obrigatório para provar quais mercadorias e serviços foram contratados pelas partes remetente, despachante e receptora.

Existem vários tipos de BOLs e as informações contidas em cada tipo podem variar um pouco. Por exemplo, o transporte marítimo, aéreo e terrestre terá alguma variação. Dependendo se a carga está indo ou vindo do exterior, pode haver informações da alfândega para tratar também. Além disso, uma remessa pré-paga, normalmente conhecida como “conhecimento de embarque direto”, também deve informar que o pagamento já foi feito.

pt_PTPortuguese