Mudança e envio para Hong Kong: guia de 2022

Você sonha em morar em uma cidade com shoppings, restaurantes e bares 24 horas por dia, 7 dias por semana? Uma cidade onde o metrô é limpo e eficiente e a vista do seu apartamento é incrível? Você encontrará todas essas coisas em Hong Kong.  

O país tem um dos mais altos padrões de vida do mundo – seus cidadãos moram em casas espaçosas; ter acesso a educação, saúde e atividades de lazer de alto nível; e habitação acessível.  

Se você está apenas começando sua pesquisa ou se está pronto para fazer a mudança, leia tudo o que você precisa saber sobre se mudar para Hong Kong. 

Fatos rápidos de Hong Kong  

População: 7,4 milhões de pessoas 

Língua oficial: Cantonês, mandarim e inglês 

PIB per capita: $55.000 USD 

Moeda: Dólar de Hong Kong (HKD). A taxa de câmbio é de aproximadamente 7,8 HKD para 1 USD. 

Os prós de se mudar para Hong Kong 

 

  • Oportunidade econômica 

Hong Kong é um dos lugares economicamente mais livres do mundo, e sua economia está crescendo. A cidade tem uma taxa de desemprego muito baixa e as oportunidades de emprego são abundantes. Se você está procurando um lugar excitante e lucrativo para começar ou promover sua carreira, definitivamente vale a pena considerar Hong Kong. 

 

  • Vida emocionante na cidade 

Hong Kong é uma cidade verdadeiramente cosmopolita com algo a oferecer a todos. De lojas e restaurantes de classe mundial a uma vibrante vida noturna, você nunca terá poucas opções. 

 

  • Cultura diversificada 

Hong Kong é um caldeirão de culturas, com pessoas de todo o mundo chamando-a de lar. Essa diversidade se presta a uma cultura rica e vibrante, que pode ser vista em tudo, desde a comida até as artes. Esteja você interessado em explorar sua própria herança cultural ou aprender sobre novas, você encontrará muitas oportunidades para fazê-lo em Hong Kong. 

Os contras de se mudar para Hong Kong 

 

  • Custo de vida 

O custo de vida em Hong Kong é um dos mais altos do mundo.

 

  • Opções limitadas de moradia 

As opções de moradia são limitadas em Hong Kong e a competição por apartamentos é acirrada. Muitas pessoas moram em pequenos apartamentos ou “flats” que podem ser apertados e desconfortáveis. Também faltam espaços verdes e parques em Hong Kong. 

 

  • Poluição do ar 

A poluição do ar é um problema sério em Hong Kong. O ar costuma estar cheio de fumaça e poluentes de fábricas e carros, causando problemas respiratórios, dores de cabeça e outros problemas de saúde. 

Dicas para viver em Hong Kong

 

  • Aprenda um pouco de cantonês 

Uma das melhores maneiras de aproveitar ao máximo seu tempo em Hong Kong é aprender um pouco de cantonês básico. Isso não apenas permitirá que você se comunique melhor com os habitantes locais, mas também o ajudará a navegar pela cidade. Existem vários recursos disponíveis para ajudá-lo a aprender cantonês, incluindo cursos online, aplicativos e livros. 

 

  • Conheça seus vizinhos 

Outra ótima maneira de aproveitar seu tempo em Hong Kong é conhecer seus vizinhos. Isso pode ser feito participando de eventos locais, participando de grupos comunitários ou simplesmente iniciando conversas com pessoas que você encontra todos os dias. Conhecer seus vizinhos não apenas tornará seu tempo em Hong Kong mais agradável, mas também o ajudará a se sentir mais conectado à comunidade. 

 

  • Explore a cidade 

Hong Kong é uma cidade verdadeiramente única e fascinante, e não há melhor maneira de experimentá-la do que explorá-la por si mesmo. Quer prefira passear sem destino pelas suas ruas ou planear cada passo da sua viagem com antecedência, reservar um tempo para explorar Hong Kong é uma parte essencial para aproveitar ao máximo o seu tempo aqui. 

 

  • Abrace o choque cultural 

Mudar para um novo país pode ser uma experiência assustadora, mas também pode ser incrivelmente gratificante. Uma das melhores maneiras de aproveitar ao máximo sua mudança para Hong Kong é abraçar o choque cultural que a acompanha. Desde experimentar novos alimentos até explorar novos bairros, abraçar o desconhecido pode ajudá-lo a experimentar verdadeiramente tudo o que Hong Kong tem a oferecer. 

Comida em Hong Kong 

Hong Kong é um caldeirão de diferentes culturas e cozinhas, com a maioria das pessoas sendo chinesas cantonesas, que consomem um equilíbrio de comida chinesa, ocidental e asiática. 

Em termos de comida, você encontrará muita culinária chinesa autêntica, como dim sum, além de comida japonesa, indiana, tailandesa e ocidental. Restaurantes e supermercados estão por toda a cidade, e você também encontrará uma grande variedade de carrinhos de comida e comida de rua. 

Devido ao passado colonial britânico de Hong Kong, você também encontrará muitos cafés e restaurantes de estilo ocidental, bem como chá da tarde de estilo britânico. Alimentos básicos chineses, como arroz, macarrão, peixe e carne, são tradicionalmente comidos com pauzinhos, enquanto a comida de estilo ocidental, como sanduíches, é comida com garfo e faca ou com as próprias mãos. 

Ao conhecer novas pessoas e elas o convidarem para jantar em sua casa, é educado levar um pequeno presente, como flores ou chocolates. Além disso, é comum que as pessoas compartilhem alimentos e bebidas, então não se preocupe em mergulhar duas vezes! 

Dicas Culturais para Viver em Hong Kong 

Como em todas as grandes cidades, algumas dicas culturais irão ajudá-lo a se encaixar, evitar mal-entendidos desnecessários e fazer novos amigos mais rapidamente:  

 

  • Apertar as mãos  

Quando você conhecer alguém novo, aperte sua mão. Se eles não apertarem sua mão, podem ser budistas ou taoístas e podem não querer tocá-lo.

  

  • Evite tocar seu rosto  

Você pode ficar tentado a coçar o nariz ou coçar o rosto, mas evite tocar no rosto quando estiver falando com alguém, pois isso é considerado rude.

 

  • Não aponte o dedo

Apontar é considerado rude, então use a palma da mão aberta para indicar algo ou alguém. 

 

  • Esteja atento ao contato visual  

Evite contato visual prolongado, pois isso pode ser interpretado como olhar fixo. 

 

  • Seja paciente  

O ritmo de vida em Hong Kong é acelerado e impaciente. Dê às pessoas tempo para responder a e-mails, perguntas e instruções.

Impostos em Hong Kong 

Há algumas coisas que você precisa saber sobre impostos em Hong Kong. Primeiro, não há impostos sobre ganhos de capital, impostos sobre herança ou impostos sobre presentes em Hong Kong. Também não há impostos sobre os lucros da venda de ações, títulos e imóveis. Hong Kong tem um sistema tributário progressivo e a renda é tributada com base na residência. 

Se você é um não residente, paga apenas imposto sobre a renda proveniente de Hong Kong. Se você mora em Hong Kong há mais de 7 meses, é considerado residente. Hong Kong tem uma taxa de imposto corporativo muito baixa de 16,5%, que é a terceira mais baixa do mundo. Você também pode deduzir 80% de suas despesas e pode reivindicar créditos fiscais para educação e pesquisa. 

Emprego em Hong Kong 

Como todas as outras grandes cidades, Hong Kong tem um próspero mercado de trabalho, com expatriados de todas as indústrias e origens encontrando trabalho na cidade. Um dos melhores recursos para encontrar um emprego em Hong Kong é a seção de anúncios classificados do jornal chamada “Job Cafe”. 

Você também pode verificar sites de expatriados, como InterNations para encontrar listas de empregos. Hong Kong é um tipo de cidade que trabalha duro e se diverte, então você não ficará entediado com a falta de coisas para fazer no fim de semana. Se você é novo em Hong Kong, ingressar em um clube social ou em um grupo Meetup primeiro é uma ótima ideia para conhecer outros expatriados e fazer novos amigos. 

Custos de mudança e envio para Hong Kong 

O custo de mudança e envio para Hong Kong irá variar dependendo de vários fatores, incluindo o tamanho da sua remessa, a distância a ser percorrida e o meio de transporte. No entanto, algumas estimativas gerais podem dar uma ideia do que esperar. 

O custo médio de envio de um contêiner de 20 pés dos EUA para Hong Kong é de $3.500. Este preço inclui transporte marítimo e terrestre. Se você estiver enviando por via aérea, pode esperar pagar de $5.000 a $8.000 por uma remessa de tamanho padrão. 

Quanto ao custo de mover seus pertences domésticos, novamente dependerá do tamanho e da distância de sua mudança. Por exemplo, custaria cerca de $2.600 para mover um apartamento de um quarto da cidade de Nova York para Hong Kong. Esta estimativa inclui os custos de embalagem, transporte e seguro. 

Ao fazer o orçamento para sua mudança para Hong Kong, certifique-se de levar em consideração custos adicionais, como taxas e impostos alfandegários. Isso pode aumentar rapidamente e não deve ser negligenciado ao estimar o custo total de sua mudança. 

Custos de habitação em Hong Kong e melhores lugares para se viver 

O aluguel médio de um apartamento de um quarto em Hong Kong é de $3.300 por mês. O preço médio de um apartamento de três quartos é de $8.300 por mês. 

Os melhores lugares para se viver em Hong Kong dependem do seu orçamento e preferências. Para quem quer ficar perto do agito, Central e Sheung Wan são boas escolhas. Para famílias com crianças pequenas, Discovery Bay e Sai Kung são comunidades de expatriados populares. Se você está procurando algo mais acessível, considere distritos como Kwun Tong e Sham Shui Po. 

Custo de Vida em Hong Kong 

O aluguel médio de um apartamento de um quarto em Hong Kong é de cerca de $3.300 por mês, enquanto os serviços públicos podem adicionar um adicional de $200-$300 às suas despesas mensais. Os custos dos alimentos também tendem a ser mais altos do que em outras cidades, com uma refeição para dois em um restaurante de médio porte custando cerca de $80. 

O custo de vida em Hong Kong é relativamente alto, mas ainda é possível viver confortavelmente dentro do orçamento. Aqui estão algumas dicas sobre como economizar dinheiro enquanto mora nesta cidade cara:

 

  • Custos de moradia: 

O aluguel em Hong Kong é notoriamente caro, por isso é importante fazer um orçamento cuidadoso ao procurar um lugar para morar. Algumas áreas, como Causeway Bay e Central, são muito mais caras do que outras. É importante fazer sua pesquisa e encontrar um lugar acessível que atenda às suas necessidades. Existem muitos sites e fóruns onde você pode encontrar informações sobre os melhores lugares para se viver em Hong Kong. 

 

  • Serviços de utilidade pública: 

Os serviços públicos também podem ser bastante caros em Hong Kong. Novamente, é importante fazer um orçamento com cuidado e procurar as melhores ofertas. Muitas empresas oferecem descontos para assinatura de vários serviços, por isso vale a pena considerar essa opção se você precisar usar mais de um provedor de serviços públicos.

 

  • Transporte: 

O transporte público em Hong Kong é eficiente e relativamente acessível, por isso é uma boa opção para se locomover pela cidade. Se você planeja usar o transporte público regularmente, pode valer a pena obter um passe de viagem que oferece viagens ilimitadas em todos os meios de transporte por um determinado período de tempo. As tarifas de táxi podem aumentar rapidamente, portanto, isso deve ser usado apenas como último recurso ou ao viajar com várias pessoas. 

 

  • Custos de alimentação: 

Comer fora em Hong Kong pode ser caro, mas existem maneiras de economizar nos custos de alimentação. Se você cozinhar em casa, poderá aproveitar os muitos ingredientes baratos e deliciosos disponíveis nos mercados locais. Comer fora na hora do almoço também pode ser mais barato do que jantar à noite, já que muitos restaurantes oferecem menus especiais de almoço a preços reduzidos. E, finalmente, aproveitar os happy hours especiais pode ajudá-lo a economizar dinheiro em bebidas e lanches enquanto desfruta de um tempo de qualidade com amigos ou colegas. 

Transporte em Hong Kong 

Hong Kong tem um sistema de transporte público extenso e eficiente que inclui ônibus, trens, bondes e balsas. O Mass Transit Railway (MTR) é o principal meio de transporte em Hong Kong, com mais de 90 estações em toda a cidade. Os serviços de ônibus também estão amplamente disponíveis, com rotas que cobrem a maioria das áreas da cidade. 

Existem várias maneiras de se locomover em Hong Kong, dependendo do seu orçamento e necessidades. Para quem deseja a opção mais conveniente, há táxis e serviços de carros particulares disponíveis. No entanto, o tráfego em Hong Kong pode ser congestionado, por isso é importante considerar isso ao fazer seus planos de viagem. 

Para quem prefere não dirigir, há muitas outras opções. O MTR é rápido e confiável, e também há várias linhas de bonde e ônibus que cruzam a cidade. Caminhar também é uma ótima maneira de se locomover – especialmente em Central e Tsim Sha Tsui, onde tudo é de fácil acesso. 

Educação e escolaridade em Hong Kong 

Uma das muitas razões pelas quais as pessoas se mudam para Hong Kong é por sua educação de classe mundial. A cidade oferece uma variedade de escolas internacionais que atendem a expatriados, bem como escolas locais que seguem o currículo chinês. 

O custo da escolaridade em Hong Kong pode ser caro, dependendo do tipo de escola que você escolher. As escolas internacionais tendem a ser as mais caras, com taxas anuais variando de HKD 80.000 a HKD 250.000. As escolas locais que seguem o currículo chinês são tipicamente mais baratas, com taxas anuais a partir de cerca de HKD 30.000. 

Existem muitos fatores que contribuem para a alta qualidade da educação em Hong Kong, como turmas pequenas, professores dedicados e amplos recursos. Outra grande vantagem é que o inglês é uma das línguas oficiais em Hong Kong, o que torna mais fácil para as crianças cuja primeira língua não é o chinês se ajustarem e terem sucesso na escola. 

Se você estiver se mudando para Hong Kong com crianças em idade escolar, precisará considerar algumas coisas ao escolher uma escola. Abaixo estão alguns fatores importantes a serem lembrados: 

 

  • Localização:  

Dependendo de onde você vai morar em Hong Kong, você vai querer escolher uma escola que esteja convenientemente localizada. Por exemplo, se você vai morar na Ilha HK, pode fazer sentido enviar seu(s) filho(s) para a escola na ilha também. Isso economizará tempo e dinheiro em custos de transporte. 

 

  • Currículo:

Como mencionado acima, existem vários tipos diferentes de currículos oferecidos em escolas internacionais em Hong Kong. Faça sua pesquisa com antecedência e decida qual seria o melhor para seu(s) filho(s) com base em seu estilo de aprendizado e necessidades. 

 

  • Língua: 

Se a primeira língua do seu filho não for o chinês, você deverá mandá-lo para uma escola onde ele possa receber instrução em inglês. No entanto, se você acha que seu filho também se beneficiaria aprendendo chinês, também existem escolas bilíngues que oferecem aulas de inglês e chinês. 

Saúde em Hong Kong 

Hong Kong possui um sistema de saúde de classe mundial e seus hospitais são alguns dos melhores da Ásia. Os cuidados de saúde são económicos e acessíveis, com hospitais públicos e privados a prestarem cuidados de alta qualidade. 

Existem três tipos principais de hospitais em Hong Kong: público, privado e missão:  

  • Os hospitais públicos são geridos pelo governo e prestam cuidados gratuitos ou de baixo custo aos residentes
  • Hospitais privados são administrados por empresas com fins lucrativos e cobram taxas mais altas por seus serviços
  • Os hospitais missionários geralmente são administrados por organizações religiosas e oferecem atendimento gratuito ou de baixo custo aos necessitados.

Não importa que tipo de hospital você escolha, você pode ter certeza de que receberá um atendimento excelente. Todos os hospitais em Hong Kong devem atender aos rígidos padrões de qualidade estabelecidos pelo governo e são inspecionados regularmente para garantir a conformidade. 

Se você tem seguro de saúde privado, você pode receber tratamento em um hospital particular. No entanto, a maioria dos planos de seguro cobre apenas uma parte do custo, então você provavelmente ainda precisará pagar do próprio bolso. 

Tempo em Hong Kong 

Hong Kong fica na zona subtropical e seu clima é caracterizado por verões quentes e úmidos e invernos frios e secos. A temperatura média é de 22,6 graus Celsius (72,7 graus Fahrenheit). 

Os meses de verão (junho a agosto) são extremamente quentes e úmidos, com temperaturas chegando a 33 graus Celsius (91 graus Fahrenheit) ou mais. Chuvas fortes também são comuns nesta época do ano. 

Os meses de inverno (dezembro a fevereiro) são muito mais frios e secos, com temperaturas médias em torno de 16 graus Celsius (61 graus Fahrenheit). A neve é rara em Hong Kong, mas ocasionalmente ocorre em altitudes mais elevadas. 

Hong Kong experimenta uma série de tempestades tropicais e tufões a cada ano. Isso pode trazer chuvas fortes e ventos fortes, por isso é importante estar preparado se você estiver morando em Hong Kong durante a temporada de tufões (julho a outubro). 

Mudar-se para Hong Kong sozinho 

Se você está pensando em se mudar para Hong Kong sozinho, lembre-se de algumas coisas. Em primeiro lugar, o custo de vida em Hong Kong é notoriamente alto. 

Você precisará certificar-se de ter um fluxo de renda estável alinhado antes de fazer a mudança. Além disso, as opções de moradia em Hong Kong podem ser limitadas e caras. Esteja preparado para pagar um aluguel alto ou morar em um espaço pequeno. Finalmente, a poluição do ar é uma realidade em Hong Kong devido à alta densidade de edifícios e à falta de espaços verdes. Se você tem problemas respiratórios, esta pode não ser a cidade para você. 

Dito isto, também há muitas razões pelas quais se mudar para Hong Kong sozinho pode ser uma experiência emocionante e gratificante. A cidade está cheia de oportunidades, tanto econômicas quanto outras. Você nunca ficará entediado em Hong Kong, graças à sua vibrante vida noturna e cultura diversificada. Sempre há algo novo para explorar nesta movimentada metrópole. 

Então, se você está pronto para uma aventura, não deixe que os desafios de ir sozinho o impeçam de experimentar tudo o que Hong Kong tem a oferecer. 

Mudar-se para Hong Kong com uma família 

Se você está se mudando para Hong Kong com uma família, há algumas coisas que você precisa saber. 

Existem muitos bairros excelentes em Hong Kong, mas alguns são mais adequados para famílias do que outros. Depois de encontrar o bairro perfeito, você precisará encontrar um lugar para morar. O custo de vida em Hong Kong é alto, então encontrar um lugar acessível para morar pode ser um desafio. Existem várias opções de moradia disponíveis, mas a maioria dos expatriados opta por alugar um apartamento ou vila. 

Depois de encontrar um lugar para morar, é hora de começar a planejar sua vida cotidiana. Um dos maiores desafios de se mudar para Hong Kong com a família é se locomover. O sistema de transporte público é excelente, mas pode ficar lotado e caótico na hora do rush. Se você tem filhos pequenos, considere mandá-los para escolas internacionais. Existem muitas escolas excelentes em Hong Kong, mas elas podem ser caras. Outra opção é a educação domiciliar, que permite mais flexibilidade e controle sobre a educação de seu filho. 

Mudar-se para Hong Kong com a família pode ser um desafio, mas também é uma aventura emocionante. Com um planejamento cuidadoso e uma atitude positiva, você pode fazer a transição e criar um lar feliz para sua família nesta cidade vibrante. 

Mudança para Hong Kong do Reino Unido 

Mudança para Hong Kong de o Reino Unido pode ser um assunto caro. O custo médio de se mudar do Reino Unido para Hong Kong é entre £ 8.000 e £ 10.000. Isso inclui o custo de envio de seus pertences e o custo de voos e acomodação. 

Ao considerar uma mudança para Hong Kong, é importante levar em consideração o custo de vida. Hong Kong é uma das cidades mais caras do mundo, com preços de aluguel em torno de £ 3.000 por mês. Serviços públicos e outras contas também podem ser muito caras. 

No entanto, existem maneiras de economizar dinheiro ao se mudar para Hong Kong. Uma maneira é enviar seus pertences por contêiner em vez de por via aérea. Isso pode ser muito mais barato, embora demore mais para que seus pertences cheguem. Outra forma de economizar é encontrar acomodações mobiliadas que incluam utilidades no preço. 

Mudança para Hong Kong dos Estados Unidos 

O custo médio de mudança dos Estados Unidos para Hong Kong é de $4.500. Isso inclui o custo de envio de seus pertences, bem como quaisquer taxas associadas à obtenção de um visto. 

Existem algumas maneiras diferentes de enviar seus pertences para Hong Kong. A opção mais popular é usar um serviço de transporte de contêineres. o custo deste serviço irá variar dependendo da empresa que você usa e do tamanho da sua remessa. 

Outra opção é usar um serviço de frete aéreo. Este tipo de serviço enviará seus pertences de avião. A vantagem de usar um serviço de frete aéreo é que geralmente é mais rápido do que usar um serviço de transporte de contêineres. No entanto, também é mais caro. O custo desse serviço também varia de acordo com a empresa que você usa e o tamanho da sua remessa. 

Se você estiver se mudando para Hong Kong dos Estados Unidos, deverá obter um visto antes de entrar no país. Existem alguns tipos diferentes de vistos que você pode solicitar, dependendo do motivo da sua mudança para Hong Kong. O tipo de visto mais comum para pessoas que se deslocam a trabalho é o visto de trabalho. 

Você também pode solicitar um visto de dependente se estiver se mudando com sua família ou um visto de estudante se estiver planejando estudar em Hong Kong. O custo da solicitação de visto varia de acordo com o tipo de visto, mas geralmente fica em torno de $200. 

Mudança para Hong Kong do Canadá 

Em Hong Kong, o custo de vida em Hong Kong é cerca de 30% mais alto do que em Vancouver. 

Supondo que você esteja mudando de um apartamento mobiliado de dois quartos em Vancouver para um apartamento semelhante em Hong Kong, seu aluguel mensal seria de aproximadamente CAD 4.800. Suas outras despesas mensais - como alimentação, transporte, serviços públicos e entretenimento - somariam CAD 2.500 adicionais. Portanto, no total, você pode esperar que suas despesas mensais fiquem em torno de CAD 7.300 em Hong Kong. 

Quanto ao envio de seus pertences para Hong Kong, custaria aproximadamente CAD 1.200 para um contêiner de 20 pés e CAD 2.000 para um contêiner de 40 pés. Lembre-se de que essas estimativas não incluem seguro ou quaisquer taxas ou impostos de importação em potencial que você possa ter que pagar na chegada a Hong Kong. 

Mudança para Hong Kong da Nova Zelândia 

A Nova Zelândia é um país lindo, mas se você está procurando um lugar novo e empolgante para morar, definitivamente vale a pena considerar Hong Kong. Aqui está tudo o que você precisa saber sobre como se mudar e enviar da Nova Zelândia para Hong Kong. 

 

  • custos

Obviamente, o custo da mudança dependerá de quantas coisas você tem e se está contratando mudanças profissionais ou fazendo você mesmo. No entanto, como orientação geral, espere pagar pelo menos NZD 7.000 (US $5.000) por uma passagem só de ida e custos de envio para uma casa típica de três quartos.

 

  • vistos

Todos os visitantes de Hong Kong devem ter um passaporte válido por pelo menos seis meses a partir da data de chegada. Cidadãos da maioria dos países podem ficar isentos de visto por períodos que variam de 7 dias a 180 dias, dependendo da nacionalidade. No entanto, se você planeja ficar mais tempo ou trabalhar em Hong Kong, precisará solicitar o visto apropriado antes de sua viagem. 

 

  • Envio 

Se você está planejando envio seus pertences para Hong Kong, é importante ficar atento às restrições do que pode ser importado para o país. Por exemplo, todos os alimentos devem ser declarados e podem estar sujeitos à inspeção por funcionários de quarentena. Também há restrições à importação de certos itens, como armas e drogas.

Os regulamentos alfandegários também exigem que todos os itens enviados sejam listados em um inventário detalhado. Esse inventário deve incluir informações como o valor de cada item, sua finalidade (por exemplo, objetos pessoais ou domésticos) e onde foi comprado. Certifique-se de manter cópias de toda a documentação relacionada à sua remessa para que possa apresentá-la aos funcionários da alfândega quando necessário. 

Conclusão 

Mudar-se para Hong Kong é uma aventura emocionante. É uma cidade que ganha vida com luzes de néon, vida noturna agitada e um estilo de vida acelerado. É uma cidade que oferece muitas oportunidades, como educação gratuita e uma grande variedade de opções de carreira. 

Mas antes de fazer as malas e partir para sua nova casa, saiba o que esperar quando chegar lá. Isso ajudará você a aproveitar ao máximo seu tempo lá e sair com ótimas lembranças e histórias para contar. 

pt_PTPortuguese